paineis_de_energia_solar._fc_5_0

Cancelamento de leilão inviabiliza mais de 9 bilhões em investimentos para energia solar

O presidente da Associação Brasileira de Energia Solar (Absolar), Rodrigo Sauaia, afirmou que o cancelamento do leilão de energia, que aconteceria no final de 2016, frustrou expectativas e gerou desconfiança entre os investidores nacionais e internacionais.

O alerta foi dado em um debate sobre política energética para a geração centralizada durante o Solar Invest 2017, evento que aconteceu em Natal, no Rio Grande do Norte, com o objetivo de reunir investidores e executivos para discutir a regulamentação, potencial econômico e desenvolvimento da geração de energia solar no Brasil.

“Vem aí um desafio grande para o setor, porque apesar do começo positivo, tivemos um tropeço importante com o cancelamento do leilão”, disse.

De acordo com o executivo da Absolar, o impacto vai inviabilizar mais de 9 bilhões em investimentos privados e a geração de mais de 30 mil postos de trabalho diretos e indiretos até 2019.

Universalização

O gerente de projetos da Eletrobras, Eduardo Luis Borges, mostrou os desafios em levar energia elétrica para regiões remotas do Brasil e como a energia solar tem sido um grande aliado nesse processo.

Foto: CERNE Press

Foto: CERNE Press

A geração fotovoltaica vem sendo utilizada no fornecimento de energia elétrica para comunidades isoladas especialmente na região Norte do país através do Programa Luz Para Todos. “Estamos investindo fortemente na instalação de usinas fotovoltaicas para beneficiar cerca de 207 mil famílias atendidas pelo Programa, sendo 30 mil destas localizadas em regiões isoladas”, disse Borges.

Fonte: SEERN/CERNE Press

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *