Foto: exame.abril.com.br

CPFL Energia investe R$ 59,8 milhões em eficiência energética em 2015

A CPFL Energia investiu no ano passado R$ 59,8 milhões em eficiência energética nos 571 municípios atendidos pelas oito concessionárias do grupo nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul, conforme aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica. Os projetos do programa proporcionaram uma economia de 33,87 mil MWh, energia suficiente para abastecer, aproximadamente, 14 mil clientes residenciais com consumo médio de 200 KWh mensais, pelo período de um mês. A iniciativa também evitou a emissão de 3,340 mil toneladas de CO2. Essa quantidade de dióxido de carbono representa o mesmo que o plantio de 20,040 mil novas árvores.
Além de reduzir a conta de luz dos consumidores contemplados, o investimento também ampliou a oferta de energia na área de concessão da CPFL Energia, beneficiando todos os clientes atendidos pelas distribuidoras do Grupo. “Os recursos do programa de eficiência energética provêm do valor arrecadado nas contas de energia elétrica. Essa verba volta para a sociedade por meio de projetos que buscam tornar mais consciente a relação das pessoas com a energia elétrica, fazendo com que os recursos sejam utilizados com responsabilidade”, afirma Luiz Carlos Lopes Júnior, Gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia.
Do valor total de R$ 59,8 milhões, a CPFL Paulista correspondeu por R$ 32,037 milhões, alcançando uma economia de 17,298 mil MWh em 2015. A CPFL Piratininga investiu R$ 13,158 milhões, com economia de 7,818 mil MWh. A RGE (RS), por sua vez, destinou R$ 11,346 milhões aos projetos de eficiência energética, atingindo uma redução de 5,152 mil MWh. A CPFL Santa Cruz aplicou R$ 1,577 milhão, com economia de 1,729 mil MWh, e a CPFL Jaguariúna (Jaguari, Sul Paulista, Leste Paulista e Mococa) aplicou R$ 1,775 milhão, alcançando uma economia de 1,872 mil MWh.
Do total investido, merecem destaque os realizados em comunidades de baixo poder aquisitivo, que somaram aproximadamente R$ 40 milhões e beneficiaram em torno de 70 mil clientes em áreas carentes. Dentre as ações realizadas nestes locais estão: a substituição de 8,412 mil geladeiras e 7,376 mil chuveiros por modelos novos e mais eficientes; a regularização de 1,503 mil ligações clandestinas; a doação de padrões internos de energia, o chamado “postinho”; e a troca de 134,754 mil lâmpadas por modelos LED. Outros R$ 7 milhões foram utilizados para melhorar a eficiência energética de prédios públicos e empresas de serviço público (como água e esgoto), hospitais, entidades filantrópicas e escolas públicas, com doação de lâmpadas e a substituição de iluminação por sistemas eficientes de LED.
As iniciativas educacionais, que ajudaram a formar consumidores mais conscientes da importância de se economizar energia, receberam verba de R$ 5 milhões, beneficiando quase 24 mil alunos em 235 escolas de 87 cidades; e as indústrias receberam R$ 1,8 milhão de incentivo, em projetos e equipamentos, para se tornarem mais eficientes. Para promover o consumo consciente e eficiente de energia elétrica, a empresa realizou também eventos nos municípios de suas áreas de concessão, com atividades lúdicas e educativas para a população.
Fonte:  Da Agência CanalEnergia, Investimentos e Finanças
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *