190a74fc01b64e3daf4972ae68cc0895

Eólica da CPFL Renováveis é enquadrada no Reidi

O Ministério de Minas e Energia aprovou o enquadramento do projeto eólico Pedra Cheirosa, de propriedade da CPFL Renováveis, no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura – Reidi. O parque no Ceará terá 13 aerogeradores de 2MW cada, totalizando 26 MW de capacidade instalada.

O sistema de transmissão de interesse restrito será constituído de uma subestação elevadora (34,5/230 kV) junto à usina, e uma linha de transmissão em 230 kV, com cerca de 130 quilômetros de extensão, circuito simples, interligando a subestação elevadora à subestação Sobral III, de propriedade da Chesf.

A informação está publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 15 de dezembro. Os investimentos sem os encargos PIS/Cofins são de R$ 123,686 milhões e as obras irão de 1º de abril de 2016 até 1º de setembro de 2017.

Fonte: Da Agência CanalEnergia, Regulação e Política

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *