Transmissora da Alupar antecipa operação comercial no RN

Responsável por implementar a LT João Câmara II – João Câmara III e a Subestação João Câmara III, ETAP antecipou energização do empreendimento em 9 meses

A Alupar Investimentos informou em comunicado aos seus acionistas e ao mercado em geral que sua subsidiária, Empresa de Transmissão de Energia Agreste Potiguar (ETAP), obteve autorização junto à Aneel para iniciar a operação comercial da linha de transmissão João Câmara II – João Câmara III e da subestação João Câmara III, antecipando em 9 meses a energização desses empreendimentos, que datavam para 27 de dezembro deste ano e cujas obras civis iniciaram em outubro de 2017.

O projeto refere-se ao lote 1 da 1ª Etapa do Leilão de Transmissão nº 013/2015, realizado em abril de 2016, e prevê um aporte de aproximadamente R$ 175 milhões, com a relação RAP/CAPEX ficando em cerca de 30%, considerando a receita do ciclo 2018/2019 de R$ 53,8 milhões. Vale lembrar que o empreendimento contou com a emissão de debêntures no montante de R$ 156 milhões, nos termos da ICVM 476.

Segundo a nota, com 3.000 MVA e uma área de 45.000 m², a SE João Câmara III é a maior já construída pela Alupar, o que reforça o foco da companhia na execução e entrega no prazo de seus projetos, “demonstrando compromisso com o crescimento sustentável, disciplina financeira, eficiência operacional e geração de valor aos seus acionistas”.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *